Até onde podemos ir?

Por muito que se pretenda, os relacionamentos sociais não podem e não devem transpor certos limites, sob pena de amizades incipientes terminarem de forma abrupta. Vem isto a propósito da utilização que se faz do poder de comentar as mensagens que os utilizadores do Facebook publicam na sua cronologia. Tenho por princípio que os meus amigos “facebookianos” adquiriram o estatuto de amigo porque se estabeleceu entre nós uma relação de confiança, o que faz com que não esperemos que nada de mais desagradável surja escrito perante os nossos olhos e os daqueles que acedem às nossas publicações.

Talvez esteja desatualizada, mas julgo que há formas de os utilizadores poderem trocar mensagens que devem ser privadas, tornando-as acessíveis apenas aos respetivos destinatários. A devassa da vida de cada um, as escaramuças, a troca de galhardetes, em público, fazem-me temer pelo caráter das pessoas envolvidas. E, honestamente, faz-me pensar duas vezes se tenho vontade de manter tais amigos!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close