We all have the power

Melhores Pessoas Conseguem Melhores Resultados com I Have the Power

O título pode, inicialmente, parecer-vos estranho porque vou escrever sobre uma pessoa. Mas continuem comigo e, brevemente, entenderão.

Adelino Cunha poderia ser um ilustre desconhecido, se fosse um homem acomodado. Filho de um empregado de escritório e de uma comerciante, pessoas com visão que sempre o incentivaram a não se restringir ao meio em que vivia e a procurar superar-se – “Filho, começa a cavar o poço antes que te falte a água” (CUNHA, 2014:p.17) –, cedo aprendeu que, para gerar receitas e conseguir alguma folga financeira, há que mudar de mentalidade, não se acomodar, trabalhar mais horas para além do horário do emprego, com uma diferença: estas horas extraordinárias devem ser dedicadas em benefício próprio, num projeto autónomo, viável, que permita a criação do nosso próprio negócio, a par do emprego.

Homem de visão, valoriza a formação contínua, a formação ao longo da vida, necessária ao desenvolvimento pessoal e à melhoria da qualidade de vida de cada um. E é nesse sentido que acredita no valor da ajuda ao próximo, fornecendo as ferramentas e o incentivo que permitam contribuir para melhorar as vidas daqueles com quem se cruza, quer financeiramente, quer ao nível pessoal, pois como refere, “não quero ser um pescador, mas, sim, criador ou gerador de pescadores (idem:p.12).

DeZero

No seu livro De zero à esquerda a zero à direita, o autor explica, de forma simples, como, através do Networking, é possível alavancar duma situação de dificuldade financeira ou mesmo de desemprego e, com muito empenho (sim, aqui não há venda de banha da cobra!) trabalho, resiliência (preparação para os “nãos”), se pode construir um negócio, desde que estruturado. Ele próprio regista a sua experiência e ilustra com exemplos divertidos. Um livro a não perder!

É aqui que o título do artigo ganha significado. Adelino Cunha é formado em Matemáticas Aplicadas – Especialização de Computadores. Foi Professor Universitário e Administrador de uma empresa de software. A sua busca por uma resposta e uma solução para a razão pela qual algumas pessoas triunfavam em detrimento de outras, conduziu-o por um caminho de estudo e à criação da sua própria empresa, a SOLFUT, LDA. Posteriormente, regista a marca I HAVE THE POWER, um sistema para treinar as pessoas para o êxito. Constituída por sete academias direcionadas para diferentes áreas, prestam assistência, ministram cursos, fornecem produtos e serviços que visam o desenvolvimento pessoal de quem os consulta.

Como vê, é possível.

WE ALL HAVE THE POWER!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close